Notícias

ANDES-SN

Fabricantes de armas estão de olho no mercado brasileiro

05-11-2018 às 16h44

Duas multinacionais de armamento estão avaliando entrar no mercado brasileiro, por conta da eleição do candidato à presidência da república, Jair Bolsonaro. Segundo matéria publicada no dia 26 de outubro, no jornal Valor Econômico, a emiradense Caracal e a tcheca CZ estão “otimistas” com o resultado das eleições e se preparam para construir fábricas em Goiás.

Conforme Paulo Humberto Barbosa, representante da Caracal no Brasil, a tendência é que a demanda por armas aumente no Brasil. Para o representante da CZ no Brasil, Hugo de Paula, “o cenário é animador”. A DFA, empresa brasileira, também se prepara para iniciar as operações em Anápolis (GO).

A empresa gaúcha Taurus, que domina o mercado nacional de armas, também está lucrando. Suas ações atingiram o patamar de 400% no mês de outubro e outro ativo seu subiu 200%. Analistas indicam que o crescimento das ações estava baseado nas pesquisas eleitorais, que apontavam vantagem de Bolsonaro na corrida à presidência. Eleito presidente, Bolsonaro defende a revogação do Estatuto de Desarmamento, autorizando o porte de armas para maiores de 21 anos.

Fonte: ANDES-SN, com edição.


Compartilhe esta notícia:


Leia Também:

Total de Visitantes
1267043
Usuários Online
6
Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS CEP 44036-900
Feira de Santana - Bahia | Tels: (75) 3161-8072 / 3224-3368.
E-mail: adufs@uefs.br / adufsba@yahoo.com.br
Desenvolvido po Tacitus Tecnologia
Todos os direitos reservados © 2018 - ADUFS
Home Filie-se a ADUFS Contato