Notícias

CSP-CONLUTAS

Jornada de lutas será realizada no próximo mês

10-04-2018 às 18h37

Passados 30 dias do bárbaro assassinato de Marielle Franco e Anderson Pedro na cidade do Rio de Janeiro, nenhuma pista consistente foi encontrada pelos investigadores, a não ser a conclusão óbvia de que se trata de um crime político.

Devido à intervenção federal e militar, a violência cresce no Rio de Janeiro. Poucos dias depois da execução de Marielle, cinco jovens foram vítimas de uma chacina em Maricá, na baixada fluminense. Também, até agora, nenhum culpado foi encontrado.

A CSP-Conlutas estará nas ruas nos dias 13 e 14 de maio, organizando atos nos principais estados e cidades. Na pauta estão o fim da intervenção federal e da militarização no Rio de Janeiro, repúdio às calúnias que setores da direita vêm fazendo nas redes sociais contra Marielle e sua luta, investigação rápida e prisão de todos os envolvidos na execução de Marielle e Anderson, defesa da desmilitarização da Polícia Militar e pelo direito à autodefesa dos trabalhadores.

Fonte: CSP-CONLUTAS, com edição.


Compartilhe esta notícia:


Leia Também:

Total de Visitantes
1205501
Usuários Online
32
Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS CEP 44036-900
Feira de Santana - Bahia | Tels: (75) 3161-8072 / 3224-3368.
E-mail: adufs@uefs.br / adufsba@yahoo.com.br
Desenvolvido po Tacitus Tecnologia
Todos os direitos reservados © 2018 - ADUFS
Home Filie-se a ADUFS Contato