ANO XI - Edição 523 - 26/08/2019
ADs aprovaram o “Dia D.E.” - Foto: Ascom Fórum das ADs

Fórum das ADs encaminha campanha em defesa da Dedicação Exclusiva (DE)

O Fórum das ADs reuniu-se na Adusc para discutir as próximas iniciativas do movimento docente. As Associações Docentes (ADs) avaliaram as reuniões de mesa de negociação já ocorridas. O principal encaminhamento foi a construção de uma campanha de mídia sobre a importância dos professores em regime de Dedicação Exclusiva (D.E.) para as Universidades Estaduais Baianas (Ueba). A expectativa é que, na próxima mesa de negociação, prevista para o dia 11 de setembro, o governo apresente uma proposta objetiva para a fila dos 256 professores que hoje aguardam a implementação das DE´s. Também foi tema de discussão questões administrativas internas do Fórum. A reunião ocorreu na última quinta-feira (21).

Identificando a mesa permanente de negociação como uma conquista da forte greve de 65 dias e um importante canal de diálogo com o governo, os (as) professores (as) avaliaram como central para o próximo período uma campanha de mídia com dados e argumentos sobre a dedicação exclusiva. Na opinião das ADs, a iniciativa será importante para elucidar a importância desse tipo de regime e fortalecer a mobilização da categoria.

“Estamos vivendo um momento político em que é central travarmos o debate sobre a concepção de universidade que a gente quer. Defender a educação pública, gratuita e de qualidade é defender o regime de dedicação exclusiva como prioritário para o funcionamento das universidades. Para a última mesa de negociação fizemos um estudo que desconstruiu diversos argumentos do governo sobre o funcionamento das Ueba. Agora, com essas informações, construiremos uma campanha pública não apenas com dados, mas também argumentos e ideias para dialogar com toda a comunidade acadêmica e a sociedade baiana”, explicou André Uzêda, coordenador do Fórum das ADs.

Além da campanha de mídia, foi encaminhado também a construção de um dia unificado de mobilização, sem paralisação, nas quatro Universidades Estaduais Baianas, o “Dia D.E.” no próximo dia 5 de setembro. A previsão é que nesse dia o regime de D.E. seja pautado através de mesas de debates e panfletagens. O Fórum das ADs se reunirá novamente no dia 10 de setembro, a partir das 9h, em Salvador, na sede da Aduneb.

Compartilhe esta notícia!

PROCESSO DEMOCRÁTICO

Conselho do Orçamento Participativo expõe prejuízos do contingenciamento de recursos

Foto: Ascom Adufs
Próxima reunião será na quarta (28)

O contingenciamento orçamentário imposto pelo governo estadual à Uefs foi traduzido em números, na tarde de terça-feira (20), durante a reunião do Conselho do Orçamento Participativo (COP) convocada para discutir a aplicação de recursos de investimento da instituição. Em explanação, a Assessoria Técnica e de Desenvolvimento Organizacional (Asplan) informou que a partir do segundo semestre deste ano foram contingenciados cerca de 31% da rubrica de manutenção e investimento.

Ainda conforme a Asplan, que apresentou a execução orçamentária de 2019, a concessão programada para a instituição para manutenção e investimento, de janeiro até o dia 15 de agosto deste ano, soma R$ 51.879.333,36, mas a Uefs só recebeu R$ 35.908.478,23. Ou seja, quase R$ 16 milhões deixaram de fazer parte do orçamento da universidade.

Leia mais. 

Compartilhe esta notícia!

CONVIVÊNCIA NO CAMPUS

Diretoria da Adufs realiza reunião para discutir a segurança no campus

Foto: Ascom Adufs
Docentes aprovaram encaminhamentos

Diante dos fatos relacionados à segurança na Uefs, a diretoria da Adufs realizou uma reunião ampliada para tratar sobre o assunto. Ainda foi discutida a contribuição da seção sindical no processo que envolve a tomada de decisão por parte da Administração Central da universidade. O encontro aconteceu quinta-feira (22), na sede da Adufs. Estudantes também estiveram presentes.

Após ampla discussão, os participantes encaminharam a realização de uma mesa redonda sobre segurança. A administração da universidade será convidada a participar do evento. A expectativa da diretoria é, também, convidar representantes de universidades que tiveram experiências exitosas para a manutenção da segurança no campus universitário.

Um outro encaminhamento da reunião foi cobrar da Administração Central ações mais imediatas, a exemplo da intensificação da ronda feita pela Vigilância Patrimonial, roçagem das plantas e ampliação da iluminação. A diretoria ainda convocará os gestores da universidade para uma audiência pública sobre segurança no campus. A categoria cobrará deles uma política de segurança que regule a convivência na Uefs e questionará o andamento do trabalho realizado pela Comissão de Segurança. A Comissão foi a responsável pela elaboração de um diagnóstico sobre o tema e, em 2017, apresentou o documento à comunidade acadêmica. O grupo é formado por representantes da Adufs, DCE, Sintest, administração central, Consu e da Residência Universitária.

Leia mais. 

Compartilhe esta notícia!

TRANSPORTE

Diretoria questiona a administração sobre problemas com o ônibus que trafega entre Salvador e Feira de Santana

Foto: Ascom Adufs
Docentes discutiram a situação

Na última semana houve mais um imbróglio com o ônibus que faz o roteiro Salvador X Feira de Santana X Salvador. Na quinta-feira (22), conforme relato dos professores que utilizam o transporte, apenas um dos dois ônibus estava no local e horário estabelecidos, o que atrasou a ida dos docentes à Uefs. Preocupada em garantir a normalidade do serviço, a diretoria da Adufs reuniu-se para discutir o assunto e cobrar da Administração Central as medidas cabíveis.

Após a reunião, a diretoria entrou em contato com a chefe do gabinete do reitor, Taíse Bonfim. A servidora informou que faria uma reunião com representantes da empresa, para tratar sobre o assunto. A prestadora do serviço também foi notificada por burlar o contrato.

Atenta, a diretoria segue acompanhando a situação.

Leia mais. 

Compartilhe esta notícia!


ANDES-SN

Bolsonaro fere a autonomia universitária e nomeia candidato menos votado

Em mais uma clara demonstração de que quer acabar com a autonomia universitária no Brasil, Jair Bolsonaro nomeou o professor José Cândido Lustosa como reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), para mandato de quatro anos. O docente foi o candidato menos votado na consulta pública na universidade e o segundo colocado na lista tríplice feita pelo Conselho Universitário (Consuni). Com a escolha, o chefe do executivo federal quebra mais uma vez a tradição de nomear o candidato mais votado pela instituição de ensino.

A nomeação gerou indignação entre docentes, estudantes e técnico-administrativos, que estão se mobilizando para barrar a intervenção no processo democrático universitário.

Em nota, a diretoria do Sindicato Nacional dos Docentes de Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN) declara repúdio à interferência do governo federal na autonomia universitária e exige a nomeação do Prof. Custódio Luís Silva de Almeida como reitor escolhido da UFC, primeiro indicado da lista tríplice, acatando a decisão do Conselho Universitário para o cargo de reitor. Na nota, o Sindicato Nacional explicita seu apoio e solidariedade aos estudantes, docentes e técnico(a)s-administrativo(a)s dessa universidade.

Fonte: ANDES-SN, com edição. 

Compartilhe esta notícia!


CSP-Conlutas

Correios, Banco do Brasil, Petrobras, Porto de Santos: governo Bolsonaro anuncia plano para privatizar tudo!

Os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, detalharam o plano de privatização do governo Bolsonaro. A lista inclui estatais estratégicas e importantes, numa séria ameaça ao país e ao povo brasileiro. No total foram confirmadas a privatização de 17 estatais, sendo oito que já estavam no programa de privatização anunciado ainda no governo Temer e nove adicionadas à lista pelo governo bolsonarista.

Há estudos para privatizar o Banco do Brasil, Correios, Telebras, Porto de Santos, Dataprev, Serpro, Ceagesp, Emgea e Ceitec. Eletrobras, Lotex, Casa da Moeda, Ceasaminas (Centrais de Abastecimento de Minas Gerais), CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos), Trensurb (Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre), Porto de São Sebastião e Codesa (Companhia Docas do Espírito Santo), já estavam em estudo desde o governo Temer e estão mantidas no plano de venda à iniciativa privada.

Até a Petrobras está no radar do governo. Informações de que a maior estatal brasileira pode ser privatizada até o final do mandato animaram os especuladores da Bolsa de Valores, de olho nos lucros que terão caso esse crime lesa-pátria se confirme.

Questionado sobre o assunto, Onyx disse que uma eventual privatização da Petrobras também está sendo analisada, mas que ainda não há detalhes, pois está em estudo. Privatização como dos Correios, Banco do Brasil, Petrobras irão resultar em impacto direto à população, com aumento de preços, restrição e piora de serviços e empobrecimento do país.

Fonte: CSP-CONLUTAS, com edição.
 

Compartilhe esta notícia!

Junte-se e lute!

FILIE-SE À ADUFS

“A Adufs não é apenas um sindicato. É também uma entidade onde, no debate franco, democrático e aberto, discutimos sobre nossa profissão, nossa condição de trabalhadores e sobre nosso desejo de construirmos um país mais justo e menos desigual. Logo, ser filiado é ser parte de um coletivo fundamental para a defesa dos nossos direitos”..


Onildo Araujo da Silva - Professor do Departamento de Ciências Humanas e Filosofia (DCHF)

A força do sindicato está em seus/suas filiados (as) e na capacidade de defender os interesses da categoria. Desde a sua criação, em 1981, a Adufs tem pautado a luta em uma prática democrática, coerente e firme na defesa de um projeto de universidade pública.

Participar do sindicato é exercer cidadania, é ser sujeito da sua história. Para filiar-se é preciso preencher um formulário (aqui), autorizar o desconto mensal de 1% sobre os vencimentos, assinar e entregar na Sala da Associação, que fica no Módulo IV (MT 45) da Uefs.

Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS - CEP 44036-900 - Feira de Santana - BA
Tel: (75) 3161 - 8072 | (75) 3224 - 3368
Email: ascomadufsba@gmail.com
www.adufsba.org.br

Facebook Twitter YouTube

Política de Privacidade | Unsubscribe
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia